Blog

Monitoramento de redes inteligentes: O potencial de aplicações satelitais de telemetria

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someonePrint this page

As companhias de distribuição de energia elétrica estão constantemente buscando novas maneiras de melhorar a confiabilidade e a disponibilidade dos dados de campo, então não é surpresa que o satélite esteja se tornando a tecnologia de redes inteligentes preferida onde as informações precisas em tempo real são críticas, especialmente a partir de locais remotos. Sentamos com Reinaldo Burian, Engenheiro de Aplicações da ORBCOMM para Redes Inteligentes, para descobrir o que está impulsionando a adoção da tecnologia M2M por satélite para monitoramento de religadores e outras infraestruturas de redes inteligentes…

redes electricas inteligentesComo é a tecnologia da ORBCOMM usada nas aplicações de redes inteligentes?
Nossas soluções estão sendo implantadas para monitorar e controlar remotamente religadores e equipamentos de proteção de energia elétrica utilizados em aplicações de redes inteligentes, particularmente em áreas onde a cobertura de celular pode ser limitada ou inexistente. Nesses casos, a solução da ORBCOMM monitora o status do equipamento 24 horas por dia, tornando possível para as empresas de distribuição de eletricidade manter o controle das operações, utilizando o satélite como comunicação primária ou de reserva. A qualquer momento em que houver um problema com o equipamento instalado em campo, os nossos sistemas enviarão um alerta ao centro de controle. Como a solução da ORBCOMM suporta a comunicação bidirecional,  os usuários podem remotamente fechar ou abrir um religador, e requisitar informações dos dispositivos em campo como tensão, corrente, fator de potência e muito mais.

Quais são alguns dos pontos problemáticos que levam as companhias de distribuição de energia elétrica a implementar soluções de telemetria satelital?
As falhas de comunicação entre o equipamento de campo e os centros  de operação da distribuição das companhias elétricas são os principais impulsionadores de tal tecnologia. Para minimizar as interrupções de serviço, os distribuidores de energia elétrica devem receber notificações oportunas quando eventos como tempestades, alto consumo de energia e tensão do sistema elétrico são detectados. Nessas situações, uma conexão confiável com equipamento de campo é crítica. O que vemos hoje, é que os sistemas de monitoramento baseados em celulares são propensos a problemas de sinal, saturação e cobertura, bem como interrupções de serviço em más condições meteorológicas. É aí que os sistemas de telemetria satelital, desenvolvidos para operações de missão crítica, entram em jogo.

Monitoramento de redes inteligentes

Quais são alguns dos benefícios associados à utilização de sistemas de telemetria via satélite neste setor?
As soluções de monitoramento baseadas em satélite permitem que as empresas de distribuição de eletricidade garantam a operação adequada de equipamentos em áreas com cobertura celular limitada ou inexistente, bem como incrementam redundância a locais de importância estratégia nos centros urbanos. Para as empresas de energia elétrica, alguns dos benefícios incluem melhor manutenção e índices de qualidade, melhor alocação dos equipamentos de proteção e menor investimento e custo operacional—os custos mensais das soluções competitivas são significativamente mais elevados. Para o usuário final, isso significa menos tempo e frequência de interrupções de serviço.

 Quem é o cliente ideal para esta tecnologia?
As soluções ORBCOMM atendem às necessidades de grandes e pequenas empresas de energia elétrica. O sistema pode ser utilizado para monitorar e controlar um pequeno número de locais e também é versátil o suficiente para atender a um número elevado de equipamentos de campo. As empresas podem expandir o número de religadores controlados, à medida que as necessidades aumentam, quer com satélite atuando como reserva ou como o principal canal de comunicação.

sistemas de telemetria via satélite

As soluções de monitoramento baseadas em satélite permitem que as empresas de distribuição de eletricidade garantam a operação adequada de equipamentos em áreas com cobertura celular limitada ou inexistente, bem como incrementam redundância a locais de importância estratégia nos centros urbanos.

Quais outras tecnologias concorrentes são atualmente usadas para o suporte a esta aplicação? Quais são as vantagens da tecnologia da ORBCOMM sobre essas soluções?

  • As tecnologias de rádio fornecem cobertura dedicada com o uso das torres de transmissão. No entanto, os custos iniciais são elevados, já que é necessária uma infraestrutura abrangente, bem como de uma equipe especializada, para instalação e manutenção. A cobertura também é limitada e não se estende para fora da infraestrutura. Existe também a probabilidade de que um problema em um rádio possa afetar um grande número de religadores na rede.
  • As tecnologias baseadas em celular oferecem baixo custo nas taxas de transmissão de dados, mas não são totalmente confiáveis. Interrupções na rede de celulares são geralmente comuns, devido ao congestionamento do tráfego, instabilidade da rede e más condições meteorológicas. Devido à necessidade de elevada confiabilidade, as empresas de distribuição de energia elétrica, não podem deixar processos de missão críticas propensos a perda de conectividade, devido a possibilidade de falhas no canal de conexão.
  • A fibra óptica é também uma alternativa, mas os custos de implantação são elevados. Assim como o rádio, ela requer uma infraestrutura complexa e técnicos especializados. Uma vez implantada, ela se torna trabalhosa e dispendiosa para expandir a cobertura.
  • As tecnologias de satélite existentes no mercado são dispendiosas e requerem mais manutenção que uma tecnologia desenvolvida especificamente para aplicações de missão crítica, com o controle e monitoramento de dispositivos de proteção, como os religadores. Essas soluções requerem equipes especializadas para instalação e manutenção, o que não é o caso da solução ORBCOMM.

Os sistemas de telemetria satelital da ORBCOMM não requerem uma infraestrutura complexa. Os dispositivos remotos (terminais) são implantados junto aos religadores—e o processo de instalação é muito simples. Estes dispositivos, ambientalmente selados, não requerem manutenção e podem ser configurados e atualizados remotamente pelo satélite de comunicação. Seja por satélite ou de modo dual (satélite-celular), os terminais da ORBCOMM fornecem conectividade satelital ininterrupta em todo o mundo. Com esta tecnologia, as empresas de energia têm paz de espírito sabendo que os problemas na rede serão relatados e, portanto, tratados de forma oportuna, independentemente da localização.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someonePrint this page

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Sign Up for Updates

Follow Us

ORBCOMM on Twitter