Blog

A caminho de Natal com o pavilhão Canadense da Brasil Onshore 2014

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someonePrint this page

NatalA SkyWave está se preparando para aterrissar em Natal para a edição de 2014 da Brasil Onshore. Esse ano, como em anos anteriores, o Canadá terá o único pavilhão internacional da feira com dez empresas representando esse país, que é hoje o sexto maior produtor de petróleo e gás do mundo. A maior parte da produção Canadense provém de poços terrestres, sendo 70% deles na província de Alberta.

O número total de expositores passa de 50 e o tema da conferência está centrado em ‘Progresso, Inovação e Revitalização’ de tecnologias, conhecimento técnico e práticas da indústria de petróleo e gás.

O Brasil passou as últimas décadas focado em desenvolver seu potencial e expertise na indústria offshore de petróleo e gás. Até recentemente, todas as descobertas significativas no setor se resumiam ao Pré-sal. Entretanto, nos útlimos anos, o setor onshore têm demonstrado potencial notável, especialmente guiado por novos operadores.

O auge da atividade no setor onshore ocorreu em 2008, ano da crise mundial. Desde então o setor sofreu um declínio constante até 2013, quando a Agência Nacional de Petróleo (ANP) promoveu a última rodada de licitações de blocos para a exploração e produção de petróleo e gás natural onde, dos 123 blocos oferecidos, 87 foram adquiridos.

A expectativa é que a demanda no setor onshore acelere a partir de 2015 com uma nova rodada de licitações e o início da exploração efetiva dos blocos adquiridos em 2013.

O desafio principal para as operadoras é a falta de infraestrutura ligando poços ao mercado já que o número de gasodutos e óleodutos na região ainda é pequeno.

Além disso, otimização nos processos a fim de aumentar a produtividade de funcionários e equipamentos, minimizando o tempo ocioso e melhorando o gerenciamento de práticas logísticas é essencial para a utilização eficiente de capital.

Nessas áreas a comunicação entre pessoal de campo e centros de controle também pode ser problemática já que nem sempre conectividade via rede celular está disponível ou é confiável para a transmissão de dados operacionais críticos.

Passe no nosso stand (26-27) no pavilhão Canadense para descobrir como as soluções personalizadas SkyWave, ajudam operadoras a superar os desafios de gerenciar, monitorar e controlar bens e processos, destacando-se o monitoramento e o controle remoto de medidores de vazão de óleodutos e gasodutos e a automação da força de trabalho, para envio/recebimento de dados críticos.

Você também pode marcar uma reunião com nossa equipe para discutir seus requerimentos específicos de monitoramento e gerenciamento SCADA.

Fique ligado no nosso blog e @SkyWaveMobile no Twitter para cobertura ao vivo diretamente da exposição.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someonePrint this page
Vivian MacAdden

Vivian MacAdden is Marketing Communications Manager with ORBCOMM.

Posted in 4. Oil & Gas / Utilities Tagged with: ,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Sign Up for Updates

Follow Us

ORBCOMM on Twitter